Programa SOS AVC é destaque no jornal Folha de São Paulo

Programa SOS AVC é destaque no jornal Folha de São Paulo

AdrianeMartins | Notícias

Anuncio

Criado na atual gestão, matéria destacando a iniciativa foi veiculada no domingo (7)

O programa Rede SOS AVC, criado pela gestão e em funcionamento neste momento no Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, foi destaque nacional no jornal Folha de São Paulo, em matéria publicada neste domingo (07), no portal UOL. A matéria foi assinada pelo correspondente Pablo Rodrigo, que entrevistou a coordenadora do programa, Andrea Linhares.

Segundo Andrea, o sucesso do programa, que já atendeu cerca de 1100 pessoas em pouco mais de 2 anos de existência, se dá pelo fato da equipe ter se especializado no tratamento precoce do paciente, no momento que surgem os primeiros sintomas.

Ela explicou sobre o funcionamento do programa. Disse que para o tratamento acontecer de forma adequada, o tempo e o diagnóstico são fundamentais. “Ter os dados corretos é fundamental para a eficácia do atendimento. Precisamos saber sobre o déficit motor e a perda de fala do paciente. Precisamos de detalhes também sobre medicação e sua condição de saúde”, explicou ao repórter.

Andrea disse ainda que a porta de entrada para o SOS AVC é por meio das UPAs e Policlínicas, que encaminham o paciente para a rede ou através do SAMU, que leva a pessoa diretamente para o Hospital Municipal de Cuiabá – HMC.

A coordenadora disse que apenas no ano de 2020 o programa fez 751 atendimentos e que em 20221 foram 351 pessoas atendidas. A equipe do SOS AVC é formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e residentes, totalizando 14 pessoas.

O programa SOS AVC começou a funcionar em 2019, no Hospital São Benedito, mas em março de 2021 passou a atender no HMC, pois o São Benedito virou unidade de referência no atendimento a pacientes de Covid-19. O atendimento do SOS AVC dentro do prazo correto diminui em até 92% o risco de sequelas e morte dos pacientes. 

fonteROBERTA PENHA