Manifestações recebidas pela Ouvidoria da Mulher são encaminhadas para setores competentes

Manifestações recebidas pela Ouvidoria da Mulher são encaminhadas para setores competentes

AdrianeMartins | Destaque

Anuncio

Serviço para as vítimas de violência doméstica, a Ouvidoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Mato Grosso é um espaço de escuta ativa e que foi criado para facilitar o acesso à Justiça. Várias manifestações podem ser realizadas, como denúncias de qualquer violação dos direitos das mulheres, por exemplo.

Mas o que acontece com a manifestação após o registro? Ao utilizar os canais para registrar a demanda na Ouvidoria da Mulher o encaminhamento é realizado conforme o tipo de manifestação.

Reclamações referentes à falta ou à inadequação/morosidade dos atendimentos no âmbito do Poder Judiciário de Mato Grosso serão diligenciadas junto aos setores competentes, por exemplo. No caso de denúncias de violência doméstica ou de violação aos direitos da mulher serão encaminhadas aos órgãos competentes para que procedam à devida apuração e informem para a interessada. 

Na Ouvidoria da Mulher podem ser feitas também sugestões, reclamações, elogios, solicitação de informações sobre processos judiciais em trâmite nas Varas de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher.

 Para entrar em contato com a Ouvidoria da Mulher acesse o banner na página da Ouvidoria, localizada no portal do TJMT (clique AQUI) preenchendo o formulário eletrônico.  Você também pode registrar manifestação pelo aplicativo ClikJud (veja AQUI)  ou pelo e-mail: ouvidoria@tjmt.jus.br .

fonte: Dani Cunha Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT