Cuiabá - MT | Quinta-Feira, 23 de Setembro de 2021

Guarda Municipal recebe a visita do deputado Emanuelzinho, presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados

Guarda Municipal recebe a visita do deputado Emanuelzinho, presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados

Parlamentar informou que a Comissão estuda um piso nacional para a categoria e Guarda Municipal é referência no Estado e no país

Referência no Estado de Mato Grosso, em estrutura e atuação, a Guarda Municipal de Várzea Grande recebeu a visita do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PDT), que atualmente preside a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados, em Brasília.  

Além de identificar as prioridades em termos de infraestrutura, o piso salarial da Guarda Municipal foi tema principal abordado em reunião com o secretário Municipal de Defesa Social, Cel. Alessandro Ferreira da Silva, com o comandante e o sub-comandante da Guarda Municipal, Alisson Baracat Salgado e Alexander Gouveia Ortiz, respectivamente.  

“Esse assunto – o piso salarial – está sendo apresentado atualmente na Câmara dos Deputados e está hoje na nossa mão na Comissão de Segurança Pública. Precisamos definir um relator e queremos ouvir a Guarda Municipal de maior estatura e estrutura dentro do Estado de Mato Grosso, ver sua experiência e entender quais suas maiores prioridades em termos legislativo e orçamentários, e assim ajudar como deputado federal”, pontuou o parlamentar.  

Para o secretário de Defesa Social, “a visita do deputado visa aproximar a Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados e a Guarda Municipal, apresentando a realidade aqui de Várzea Grande para que leve àquela Casa de Leis a possibilidade de buscar melhorias para a estrutura de segurança pública municipal”, afirmou o Cel. Alessandro Ferreira da Silva. 

O deputado reforçou que o atual piso salarial discutido será aplicado nacionalmente. “A ideia desenvolvida hoje com os companheiros aqui de Várzea Grande é  levar até o relator em Brasília um piso salarial que seja gradual de acordo com o número de efetivo e com a população local atendida, para que a gente tenha uma legislação adaptada a cada localidade e não prejudique a aplicação efetiva da legislação”, ponderou Emanuel Pinheiro Neto.  

Alisson Baracat Salgado, comandante da GM, lembrou que o pioneirismo da Guarda Municipal deve ajudar não somente nos estudos para um piso salarial nacional como também para a implantação de outras corporações em municípios brasileiros.  

“Temos todo um histórico, desde a implantação da corporação na gestão do então prefeito Jayme Campos, hoje senador da república, e passamos por várias etapas, como recentemente a entrega de novo fardamento, coletes à prova de bala, placa balística, entre outros equipamentos, pelo prefeito Kalil Baracat, que anunciou estudos para abertura de concurso público para ampliar o efetivo da Guarda. Somos uma das poucas corporações municipais armadas e a tendência é que ajudemos outros municípios a estruturar suas Guardas Municipais. Nos comprometemos com o deputado a auxiliar no estudo de piso salarial para a categoria e ele se comprometeu em contribuir com os anseios da nossa gestão, a exemplo da construção de uma nova base, instalar um centro estadual de formação e também na aquisição de armas não letais”, enumerou o comandante. 

Além de conhecer como a Guarda Municipal de Várzea Grande atua em frentes como o trânsito, a segurança do patrimônio público, a segurança do cidadão, o apoio às fiscalizações, a patrulha Maria da Penha, Corregedoria e a Guarda Cidadã com ações sociais e de educação, o deputado teve acesso a toda a estrutura da Secretaria Municipal de Defesa Social que contempla, além da Guarda Municipal, a Defesa Civil e a Junta Militar.  

“É muito interessante o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Defesa Social de Várzea Grande. São ações diretas ao cidadão como fiscalizações, a Patrulha Maria da Penha, o teatro de fantoches, além da segurança e trânsito. A equipe está de parabéns pelo trabalho desenvolvido e empenho. Quero sentar nos próximos dias com o prefeito Kalil Baracat e poder destinar recursos para esses trabalhos e outros setores necessários”, disse Emanuel Pinheiro Neto. 

O deputado ressaltou a necessidade do respaldo aos agentes de segurança, pois os Guardas Municipais, assim como os policiais, não podem atuar em sistema de home office, como ocorre em outras áreas do serviço público. “Eles estão atuando em campo, expondo suas vidas”, destaca.  

O parlamentar também pontuou como prioridades da comissão, a elaboração de uma lei de valorização desses profissionais, contemplando piso salarial e progressão de carreira, e a retomada dos trabalhos da comissão que ficaram emperrados no último ano por causa da pandemia.  

Fonte:  Secom/VGReporter: Rafaela Maximiano