Governo Federal inicia Jornada das Águas e anuncia investimentos para revitalização de bacias hidrográficas

Governo Federal inicia Jornada das Águas e anuncia investimentos para revitalização de bacias hidrográficas

AdrianeMartins | Destaque

Anuncio

Jornada das Águas vai percorrer dez estados com inaugurações, anúncios e entregas que buscam emancipar a população do semiárido brasileiro

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), iniciou nesta segunda-feira (18) a Jornada das Águas. O roteiro começa na nascente histórica do Rio São Francisco, no norte de Minas Gerais, e percorre os nove estados do Nordeste com anúncios e entregas de obras de infraestrutura, preservação e recuperação de bacias hidrográficas.  Com apoio ao setor produtivo e aos municípios, além de mudanças normativas que vão revolucionar o modo como o brasileiro se relaciona com a água.

O roteiro começou na cidade de São Roque de Minas e vai terminar em Propriá, em Sergipe, no dia 28 de outubro. Em cada estado visitado pela Jornada das Águas, serão entregues ou iniciadas obras e projetos que viabilizarão a infraestrutura hídrica necessária para que a água chegue às regiões mais secas.
A garantia de segurança hídrica para as localidades que tradicionalmente convivem com a seca é uma das prioridades do Governo Federal. Várias ações nesse sentido vêm sendo realizadas desde 2019. 

“A Jornada das Águas é um momento em que nós prestamos contas das ações de segurança hídrica que estão acontecendo neste governo, mas chamamos a atenção da sociedade para o volume de intervenções que foi feito e a sua integração, desde a questão do marco do saneamento até os canais principais do São Francisco, que serão concluídos nesta semana, agora na Paraíba, que é o último trecho, e toda a ação que está sendo feita de canais acessórios”, explica o ministro do Desenvolvimento Regional,  Rogério Marinho.

Nesta terça-feira (19), a Jornada das Águas passará pela Bahia, onde será lançada licitação para elaboração de estudos ambientais e projeto básico para as obras do Canal do Sertão Baiano, que vai beneficiar 1 milhão e duzentas mil pessoas em 44 cidades do interior do estado.

Jornada das Águas

Durante os próximos dez dias, serão realizados anúncios, entregas e liberações de recursos em dez estados. Nesse período, será promovida uma série de iniciativas que têm como essência quatro eixos: de infraestrutura, com entregas, inaugurações e anúncios de obras que levarão água aos moradores das regiões mais secas do país; de sustentabilidade, com ações de saneamento básico e de preservação, conservação e recuperação de bacias hidrográficas; de desenvolvimento econômico e social, com o apoio a organização de arranjos produtivos locais, promovendo geração de emprego e renda; e de melhoria da governança, com a modernização de toda a regulação do setor.

“Não existe desenvolvimento econômico sem água. A água é o principal insumo estratégico do Brasil. Ela está nos alimentos que exportamos, na energia, na indústria, na saúde… Sem ela não há vida. É por isso que o governo do presidente Jair Bolsonaro vem atuando para garantir que a água chegue às pessoas, mas também para que ela seja preservada e continue disponível para as próximas gerações”, explica o ministro Rogério Marinho.

Fonte: Brasil 61