Emanuel “dirige” à rumo do Palácio Paiaguás; apoio decidirá disputa em 2022 ou 2026

Emanuel “dirige” à rumo do Palácio Paiaguás; apoio decidirá disputa em 2022 ou 2026

Ruan Cunha | Destaque

Anuncio

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), praticamente cravou uma disputa ao Governo do Estado, durante o evento de inauguração do viaduto Murilo Domingos, nesta segunda-feira (11). O emedebista sinalizou a intenção de participar do pleito eleitoral já em 2022, porém o projeto dependerá do apoio dos parlamentares estaduais e outros agentes políticos importantes como os irmão Campos.

“Vamos trabalhar juntos e misturados, independente de qualquer coisa, pois o futuro a Deus pertence. Falava aqui em um ano e meio ou quatro anos, o mais certo é quatro anos, mas se vocês todos apoiarem vira um ano e meio. Se vocês não apoiarem são quatro anos. Independente disso temos muito que trabalhar pelas duas mais importantes cidades do nosso estado”, disse.

O prefeito irá buscar o apoio dos irmãos Jayme e Júlio Campos, com quem tem boas relações  e grande histórico apoio político. Ainda que os Campos pertençam ao DEM, partido do atual governador, existe uma divisão de alas nos democratas que pode ser crucial no tabuleiro político do próximo ano.

Emanuel saiu fortalecido das eleições municipais de 2020 credenciado pela ótima gestão à frente da prefeitura da Capital, qual possui inúmeras obras inaugurada de grande impacto estrutural como viadutos, asfalto e afins; avanços significativos na saúde pública e boa gestão durante à pandemia e, mais recente, no Plano de Vacinação firmando Cuiabá como única cidade a garantir a segundo dose em todo território nacional.