Pós pandemia: Botelho quer investimento de R$ 1 bi em MT

Pós pandemia: Botelho quer investimento de R$ 1 bi em MT

Ruan Cunha | Notícias

Anuncio

Com objetivo de fomentar a economia do comércio, o deputado estadual e primeiro secretário da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM) falou em um programa de televisão, na manhã desta quarta-feira, 28.04, que busca viabilizar mais incentivos aos investimentos, para reestruturar os empresários no retorno das suas atividades.

“Trabalhamos de princípio com R$ 50 milhões, que para o estado, significou apenas uma gota de água na chapa quente, devido as necessidades, o recurso evaporou em instantes, este valor para Mato Grosso todo é muito pouco, temos que trabalhar na ordem de R$ 500 milhões a R$ 1 bilhão, para retomar a economia deste setor, o quanto antes”, explicou Botelho.

De acordo com o deputado Botelho, a retomada da economia com o incentivo financeiro na casa de R$ 1 Bilhão, será através da Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso – DESENVOLVE-MT, que e tem por objetivo social, contribuir para a aceleração do desenvolvimento sustentável do Estado, estimulando a realização de investimentos, a criação de empregos e renda, a modernização das estruturas produtivas, o aumento da competitividade estadual e a redução das desigualdades sociais e regionais.  

Desde o princípio da pandemia do coronavírus em Mato Grosso, que o deputado Eduardo Botelho vem atuando na linha de frente, até contaminado pelo vírus foi, cumpriu os dias de quarente e logo retornou ao trabalho, apresentando medidas que venham de encontro com a necessidade da população de Mato Grosso.

Com ações que foram voltadas desde prevenção até o combate, com a colaboração de construção, reforma e ampliação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), passando pela destinação de recursos para aquisição de medicamentos e equipamentos, para melhor atender os contaminados, agora a preocupação do deputado é voltado para a retomada de vários setores afetados.

Durante a pandemia, vários Decretos como forma de conter o avenço da contaminação da Covid-19, e resguardar a vida da população foram publicados, com mais ou menos rigor, dependendo da situação de cada região, porem em vários casos, o resultado para vários empresários foi de uma sequência de prejuízos, que agora poderão reverter a situação, através de uma política adequada de incentivo aos investimentos.

“Foram muitas empresas atingidas, muitos empresários que ficaram endividados, outros fecharam as portas, muitos perderam seus empregos, agora é a hora de agir para a retomada desta economia, e nós iremos fazer de tudo para ajudar os empresários encontrar novos caminhos”, ressaltou Botelho.   

(Com informações do O Mato Grosso)